Claro & Escuro: Áreas urbanas e rurais do AM mantêm desigualdades

Confira as notas da coluna Claro & Escuro, do Diário do Amazonas, deste domingo, 21 de maio

Da Redação / portal@d24am.com

Manaus – As maiores diferenças percentuais entre o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) da população urbana e o IDHM da população rural, no Brasil, foram observadas no Amazonas. No Estado,  o índice rural era 47,5% inferior ao urbano.  Os dados fazem parte do  relatório Desenvolvimento Humano para Além das Médias (IDHM) por cor, sexo e situação de domicílio, lançado neste mês de maio. O estudo consolida o IDHM e 170 indicadores socioeconômicos para o Brasil, as 27 Unidades da Federação, 20 Regiões Metropolitanas e 111 municípios do País. As maiores disparidades entre o IDHM da população urbana e o da população rural do Brasil  foram observadas na Região Metropolitana de  Manaus (31,3% inferior ao urbano). O Amazonas também apresentou as maiores diferenças entre as áreas urbana e rural nas dimensões renda e educação. A renda domiciliar per capita média da população rural era 4,5 vezes menor do que a renda domiciliar per capita média urbana, R$ 141,8 e R$ 644,5, respectivamente. Somente 22% da população rural com mais de 18 anos possuía o Ensino Fundamental Completo.

 

Diretor do Musa defende maior divulgação da atividade científica


Foto: Divulgação

“Se os conhecimentos científicos não tiverem uma circulação aberta e ao alcance de todos, não saberemos se são razoáveis, ou se ferem princípios éticos, ou se são consistentes do ponto de vista científico”. A declaração foi dada pelo   diretor do Museu da Amazônia (Musa), o físico italiano e pesquisador Ennio Candotti, na 46ª Reunião do Grupo de Estudos Estratégicos Amazônicos (Geea), na última semana, no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

 

Cessão da Arena

A Sejel cedeu, por 20 anos, sem custo, espaços  na Arena da Amazônia, ao Instituto Galeria Olímpica, para o Museu Internacional do Atletismo, da Confederação Sulamericana.

 

Ornamentação com balões

A Agência de Desenvolvimento Sustentável do Estado (ADS) registrou preços de 400 serviços de ornamentação com balões, de R$ 7,7 mil e de R$ 10,8 mil, da FM Indústria Gráfica.

 

Perda da Lei Kandir

A perda dos Estados e do Distrito Federal com a Lei Kandir chegou a R$ 47,3 bilhões, em 2015, diz estudo da  Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), de Belém (PA).

 

Direitos Humanos

De 22 e 26 de maio, Manaus  recebe a 11ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos, com  sessões  gratuitas, a partir de segunda-feira, às 18h30, no Les Artistes Café Teatro, na Avenida 7 de Setembro, 377 – Centro.

 

Inspeção do CNJ

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realizará, em junho, inspeção de rotina nos setores administrativos e judiciais do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

 

Planejamento no MP-AM

Prossegue até a próxima segunda-feira, 22 de maio de 2017, o prazo para consolidação de medidas no Planejamento Estratégico do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM).

 

Chikungunya ao redor

As autoridades da área de saúde do Amazonas devem tomar providências. É que,  enquanto no resto do País os índices diminuíram, em Roraima, houve grande aumento de casos de zika e chikungunya.

 

CPI da Funai continua

Foi transferida para amanhã a continuação da votação do relatório final da CPI da Funai e Incra 2, na Câmara dos Deputados. Há cerca de 90 pedidos de indiciamento feitos pelo relator a serem votados.

 

Proteção às crianças

A prevenção ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes será tema do 3º Seminário Intersetorial de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes no Amazonas, amanhã,  na Assembleia Legislativa do Amazonas.

 

Joesley provocou PT a ser melhor que o PSDB

O empresário Joesley Batista usou de uma artimanha astuta para se dar bem:  desafiou o governo petista a superar o anterior: “o governo Fernando Henrique ficou marcado por promover as exportações. A marca do governo PT pode ser a internacionalização das empresas”.

 

Malafaia diz que presidente Temer é “amador”

Aliado de Temer até quarta-feira, o pastor Silas Malafaia diz que o peemedebista é “amador e tem que renunciar”. Afirma Malafaia: “Como um presidente da República recebe na calada da noite um sujeito investigado até o talo e ainda assente com crimes confessos?”

Comentários via Facebook